Arquivo da tag: James Joyce

Jommond Drubim

Os grandes autores deixam uma obra imortal em lugar de suas inconvenientemente fugazes vidas. Elas, as obras, pasto macio de nosso conforto, mais do que uma compensação à vida que carreia consigo a morte, configura-se em uma continuidade extra-mundana: presente … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...) | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Joycerói

Em breve nota celebro a notícia da primeira edição brasileira de Stephen Hero, do irlandês James Joyce, que na tradução de José Roberto O’Shea, para a cuidadosa Ed. Hedra, transformou-se em Stephen Herói. Vem muito bem acompanhada da já comentada … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Literatura, Procura da Poesia | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

O RomanSOMnho do Escricantor

Há 89 anos Tim Finnegans caía. Hoje, quase 90 anos depois, continuamos a ouvir seu corpo rolar pela escada: “The fall (bababadalgharaghtakamminarronnkonnbronntonner-ronntuonnthunntrovarrhounawnskawntoohoohoordenenthurnuk!)” nos reunimos no último e a cada 16 de junho, para apreciar a melodia da sua queda. James Joyce … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Amor, Ódio e Ignorância, Cinema, Literatura | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Ecos do Bloomsday em Recife

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Literatura | Marcado com , , , , | 1 Comentário

Vinte e cinco anos depois, vinte e cinco vivas a “Os Mortos”

Os Vivos e os Mortos (The Dead, 1987) é um filme extraordinário de um diretor excepcional. Foi dirigido pelo americano John Huston, nascido na pacata Nevada de 1906, há exatos 25 anos, tendo envelhecido muito bem (ambos, aliás, criatura e … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...) | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Convocação para o Bloomsday 2012 em Recife

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Literatura, Música, Psicanálise | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Bloomsday, Finnegans Wake e James Joyce em Recife

O ano de 1904 é decisivo para James Joyce: publica O Santo Ofício (o primeiro de sua vida adulta), escreve O Retrato do Artista Quando Jovem e lapida um esboço de ideia que, futuramente, virá a se chamar Stephen Herói. … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Literatura | Marcado com , , , , , | 1 Comentário