Sou onde não penso. Penso onde não sou.

“Penso onde não sou. Sou onde não penso” diz a célebre afirmação de Lacan, no bojo de seu 15º seminário. A sua declarada anti-filosofia ganha imensa força a partir do seminário da Ética (7º seminário), quando a distingue de toda forma de moralismo universalisante como as noções de patriotismo, família, acerto, cura, performance, mérito, humanidade,…

Três Décadas Depois…

A vida nos conduz ao sabor de seus próprios e imprevisíveis caprichos. Dela a única certeza que temos é que o existir transcorre com a velocidade de um cometa. Em um instante somos crianças jogando futebol “barrinha” no meio de uma rua de paralelepípedos, meninos carregados de sonhos e expectativas quanto ao nosso incerto futuro…

PoemAnálise

“As aventuras não têm tempo, não têm princípio nem fim. E meus livros são aventuras;” disse Guimarães Rosa em uma rara entrevista. Para mim seus livros são grandes aventuras, imensas, mas não as maiores. Para mim a maior das aventuras não está no que leio, mas no que escuto. São a grande Jornada. Nesse meu…

Nando e as Águas

Nosso Fernandão tinha beleza pulsando dentro do peito. Era indivíduo saltado de um conto de Guimarães Rosa, como um personagem da margem terceira: “homem cumpridor, ordeiro, positivo; e sido assim desde mocinho e menino, pelo que testemunharam as diversas sensatas pessoas, quando indaguei a informação”. Esse era o nosso Fernandão. Foi a pessoa mais doce…

Luto

Em um dia triste para os homens de Espírito lamentamos a perda de Abu. Em conversa com um amigo querido com quem partilhei a dor do luto, imaginamos o próprio Shakespeare, patrono da arte na qual era mestre, conduzindo-o pela mão até o céu onde por ele esperavam Cervantes e Milton. Obrigado Abu. Sua postura cheia…

Noturno do Morro do Encanto (por Manuel Bandeira)

Este fundo de hotel é um fim de mundo! Aqui é o silêncio que tem voz. O encanto Que deu nome a este morro, põe no fundo De cada coisa o seu cativo canto. Ouço o tempo, segundo por segundo, Urdir a lenta eternidade. Enquanto Fátima ao pó de estrelas sitibundo Lança a misericórdia do…

O Narcisismo na Era Digital

Prezados, a convite da Ethos Consultoria Jr., empresa júnior do departamento de psicologia da UFPE, proferirei a palestra “O Narcisismo e o Facebook”, que faz parte do evento “Retratos da Psicologia no Mundo Contemporâneo”, organizado pela empresa amanhã no dia 04 de setembro com o intuito de aumentar a criticidade do alunado em relação a…

Poema Negro (por Augusto dos Anjos)

“Para iludir minha desgraça, estudo. Intimamente sei que não me iludo. Para onde vou (o mundo inteiro o nota) Nos meus olhares fúnebres, carrego A indiferença estúpida de um cego E o ar indolente de um chinês idiota! A passagem dos séculos me assombra. Para onde irá correndo minha sombra Nesse cavalo de eletricidade?! Caminho,…

Receita de Ano Novo (por Carlos Drummond de Andrade)

“Para você ganhar belíssimo Ano Novo cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido (mal vivido talvez ou sem sentido) para você ganhar um ano não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; novo até no coração das…