Arquivo da tag: Clarice Lispector

Tempo de Carnaval, Restos de Cronos

Herdamos dos gregos (na leitura que deles fizeram os filósofos do medievo) a noção que guardamos de tempo e seus atributos necessariamente quantificáveis, métricos, mensuráveis. No dia-após-dia, residência do tédio conforme o Rei Macbeth, o tempo transcorre como coisa material … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Passagem das Horas, Procura da Poesia, Psicanálise, Satiricômico, Tempo | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Das Vantagens de Ser Bobo (por Clarice Lispector)

“O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: … Continuar lendo

Publicado em Amor, Ódio e Ignorância, Crônicas, Fraternidade, Vida na Polis | Marcado com , , , , , | 8 Comentários

EsClaricendo

Meu reflexo encontrado no profundo vazio especular se  reflete naquilo que leio em Clarice Lispector. Ali encontro eu próprio, meus nós, meus deslindes, o emaranhado supremo da vida. Lá encontro também uma Vereda, um caminho por onde atravessar a nuvem … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Ec-sistire, Procura da Poesia | Marcado com , , , , , | 2 Comentários

O Aniversário de Clarice Lispector nos Lembra: ninguém nasce pra ser feliz

Chovendo no molhado anuncio o que já corre solto pelas curvas impalpáveis da Internet: se viva, Clarice Lispector completaria na manhã de hoje belos 90 anos. Reconhecedor que sou da importância maiúscula de Clarice para a nossa prosa e admirador … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Filosofia, Literatura | Marcado com , , , | 15 Comentários