Arquivo da tag: Freud

Marx, Freud e Nietzsche: revolução ou subversão

“Mon devoir est de parler, je ne veux pas être complice.” (Émile Zola) “Meu dever é falar, não quero ser cúmplice.” (…) (Émile Zola) Não são poucas as passagens onde Freud e Lacan apontam o fundo homicida por trás dos messianismos … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Filosofia, Mundo, vasto mundo..., Psicanálise, Vida na Polis | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Saramago e a Irrelevância da Literatura (por Fernando da Mota Lima)

“Apesar da idade e da doença, José Saramago continua ativo. Vem agora ao Brasil lançar seu novo romance, que é apenas um pretexto para que se pronuncie sobre questões políticas e inquietações humanas que seus leitores não têm idéia de … Continuar lendo

Publicado em Belas Artes, Crônicas, Mundo, vasto mundo..., Vida na Polis | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Mulher e Homem… os Litorais da Trama Familiar

Imagem | Publicado em por | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

A Criança-poeta de Freud e o Elefante de Carlos Drummond

Em um belo texto de belíssimo nome (Escritores Criativos e Devaneios), Sigmund Freud trata com rigor e originalidade a questão do manancial de onde brotam as águas da poesia concluindo, não sem uma emocionante argumentação, que “afinal, os próprios escritores … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Literatura, Poesia | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Psicanálise no Ar

Há exatos 75 anos, a BBC de Londres transmitia Freud para o mundo. Refugiado na Inglaterra dos horrores da guerra que assolavam o mundo pela da causa alemã, Freud anunciou em ondas curtas uma breve síntese do que até ali … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Mundo, vasto mundo..., Psicanálise | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Fantasias e Fetiches

Imagem | Publicado em por | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Psicanálise em Ondas

Fran Lebowitz, a escritora estadunidense que já possui o cômico inscrito nas entrelinhas de seu nome (witz é a palavra que o velho Freud, no seu alemão vernáculo, escolheu para se referir aos chistes como produções do Inconsciente) é autora … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Amor, Ódio e Ignorância, Ec-sistire, Mundo, vasto mundo..., Vida na Polis | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário