Arquivo da tag: Liberdade

Pastelaria (por Mário Cesariny)

Em homenagem à vida, esse imenso pastelão azedo, uma bela gargalhada em forma de poesia. PASTELARIA (por Mário Cesariny) “Afinal o que importa não é a literatura nem a crítica de arte nem a câmara escura Afinal o que importa … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Amor, Ódio e Ignorância, Ec-sistire, Fraternidade, Mundo, vasto mundo..., Poesia, Vida na Polis | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

A Partida (por Augusto Frederico Schmidt)

“Quero morrer de noite. As janelas abertas Os olhos a fitar a noite infinda Quero morrer de noite. Irei me separando aos poucos Me desligando devagar. A luz das velas envolverá meu rosto lívido. Quero morrer de noite. As janelas … Continuar lendo

Publicado em Corpo, Ec-sistire, Música, Mundo, vasto mundo..., Passagem das Horas, Poesia | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

07 de Setembro

Tentei passar o dia de modo divertido, às voltas com a poesia de Ascenso e longe da balbúrdia criada pela massa. Havia decidido não escrever nada sobre essa festa odiosa, mas são 23h 40min e ainda há barulho de festa, … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Amor, Ódio e Ignorância, Crônicas, Diário, Mundo, vasto mundo... | Marcado com , , , , | 4 Comentários

O Nascimento da Nova França

É de uma doçura às vezes fácil isso de ir aprendendo devagar e displicentemente a se guiar nesta vida tropeçando o mínimo. Às vezes, entretanto (quase sempre), viver se mostra uma coisa que vai acontecendo triste e propensa ao naufrágio … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Crônicas, Diário, Fraternidade | Marcado com , , , , , , , | 2 Comentários

O rocambole de liberdade e o enforcamento do ser

A vida é maior que qualquer obra, ela sim (e somente ela) é a composição inesgotável por excelência. Comporta todas as grandes obras e, mais do que isso, serve-lhes de matéria prima. Dentre todas as organizações, casuais ou propositais, feitas pela … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Amor, Ódio e Ignorância, Ec-sistire, Filosofia, Mundo, vasto mundo..., Passagem das Horas, Procura da Poesia, Vida na Polis | Marcado com , , , , , , | 2 Comentários