Por Você Por Mim – Fragmento (por Ferreira Gullar)

“A noite, a noite, que se passa? diz
que se passa, esta serpente vasta em convulsão, esta
pantera lilás, de carne
lilás, a noite, esta usina
no ventre da floresta, no vale,
sob os lençóis de lama e acetileno, a aurora,
o relógio da aurora, batendo, batendo,
quebrado entre cabelos, entre músculos mortos, na podridão
a boca destroçada já não diz a esperança,
batendo
Ah, como é difícil amanhecer em Thua Thien.
Mas amanhece.” (…)

(Por Ferreira Gullar)

2 comentários Adicione o seu

  1. Carolina Vejarano disse:

    Bom demais! Conheces o livro de poemas que ele fez pra Gatinho? Gatinho é o nome do gato dele, lindo demais.

    1. Pedro Gabriel disse:

      Oi Carolina, não conheço tal livro. Na verdade conheço pouco da obra de Ferreira Gullar. Embora reconheça nele um grande poeta (talvez o maior dentre os vivos) que escreveu, escreve e escreverá coisas muito além dos demais de nossa geração, reconheço que FG não é tão grandioso quanto os de sua própria geração: poetas que nos deixaram um legado escrito inesgotável e que me convocam mais que o Ferreira Gullar o faz. Mas me interessei enormemente pelo livro do Gatinho. É um livro mesmo ou só um poema? Pode dar mais informações? Obrigado.

Deixe uma resposta para Pedro Gabriel Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s