Poema da Necessidade (por Drummond)

“É preciso casar João,
é preciso suportar Antônio,
é preciso odiar Melquíades
é preciso substituir nós todos.

É preciso salvar o país,
é preciso crer em Deus,
é preciso pagar as dívidas,
é preciso comprar um rádio,
é preciso esquecer fulana.

É preciso estudar volapuque,
é preciso estar sempre bêbado,
é preciso ler Baudelaire,
é preciso colher as flores
de que rezam velhos autores.

É preciso viver com os homens
é preciso não assassiná-los,
é preciso ter mãos pálidas
e anunciar o fim do mundo.”

(Poema: Carlos Drummond de Andrade em Sentimento do Mundo
Quadro: A Persistência da Memória por Salvador Dalí)

Anúncios

Sobre Pedro Gabriel

www.lituraterre.com
Esse post foi publicado em Literatura, Passagem das Horas, Poesia e marcado , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Poema da Necessidade (por Drummond)

  1. Carolina Vejarano disse:

    É preciso viver e amar e fazer com que a cada dia seja preciso continuar o passo que deixamos ontem. 🙂

    • Pedro Gabriel disse:

      “É preciso viver com os homens. É preciso não assassiná-los”. Abraço.

      • Luciana Maluf disse:

        As vezes fica meio difícil…
        bjo Pedro
        Voce é muito bom!!!!!!!!!!!!!!

      • Pedro Gabriel disse:

        Luciana, reverta a Drummond, meu ídolo maior, esse seu elogio. É dele o poema. É dele a percepção daquilo que é mais desafiador na nossa existência e, não obstante, o mais necessário daí o título do poema. Crente que sou na poesia ingerida como remédio, agradeço a você por me lembrar desse analgésico. Ele irá voltar à página inicial com um vídeo. Obrigado por isso.

  2. Pingback: Poesia é pra essas coisas | lituraterre

  3. Pingback: Drummond, Jobim e a Necessidade | lituraterre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s