O Duplo (por Affonso Romano de Sant’Anna)

“Debaixo de minha mesa
tem sempre um cão faminto
-que me alimenta a tristeza…
Debaixo de minha cama
tem sempre um fantasma vivo
-que perturba quem me ama.

Debaixo de minha pele
alguém me olha esquisito
-pensando que sou ele.

Debaixo de minha escrita
há sangue em lugar de tinta
-e alguém calado que grita.”

(Por Affonso Romano de Sant’Anna)

Anúncios

Sobre Pedro Gabriel

www.lituraterre.com
Esse post foi publicado em Belas Artes, Literatura e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para O Duplo (por Affonso Romano de Sant’Anna)

  1. Pingback: O Fantasma de Minas | lituraterre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s