Oração de Fazer Poeta

Carlos Drummond, Guimarães Rosa e Manuel Bandeira, minha santa trindade Minambucana

Meu caro Santo Drummond
Bandeira de São Manuel,
Carente está meu papel
D’um verso denso e bom.

Com métrica, rima e som
Mandai-me do último céu,
Um verso talhado a cinzel
Oh Santos da letra do dom.

Se a Moderna prece é centelha
Guimarães santo não nega
A quem do Sertão se ajoelha

Valei-me oh Trindade mais santa.
Rogo aos três reis do só e da letra
Tornai-me um dos vossos poetas.

Recife, 21 de Fevereiro de 2012
Terça-feira de Carnaval

Anúncios

Sobre Pedro Gabriel

www.lituraterre.com
Esse post foi publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...) e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Oração de Fazer Poeta

  1. Fernanda disse:

    Nem tudo acaba numa quarta-feira (de cinzas)… Mas outras coisas podem começar numa terça-feira de Carnaval! Abençoado sejam os versos que clamam por seus Santos!

  2. Julio Macário disse:

    Não achei a indicação de autoria e imediatamente lembrei do que dizia Quintana sobre os poetas que assinavam suas obras, que “são como galinhas que carimbam seus ovos”.
    Abraço, camarada.

    • Pedro Gabriel disse:

      Camarada, bem sabes, pelas evidências dadas pela convivência, que a boa memória não é uma de minhas qualidades. Entretanto tenho a impressão de que quintana falava sobre datar os poemas. Se assim o for eu emiti um carimbaço no poemovo que me frita ocasionalmente. Abraços e obrigado pela visita.

  3. videcampos disse:

    Gostei, Pedrinho! E que assim seja. Amém! Bjo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s