EsClaricendo

Meu reflexo encontrado no profundo vazio especular se  reflete naquilo que leio em Clarice Lispector. Ali encontro eu próprio, meus nós, meus deslindes, o emaranhado supremo da vida. Lá encontro também uma Vereda, um caminho por onde atravessar a nuvem de fantasia que nos cega a vista e nos dispõe em peleja. Clarice que possui…

Contra a foice do tempo é vão o combate

“Quando a hora dobra em triste e tardo toque E em noite horrenda vejo escoar-se o dia, Quando vejo esvair-se a violeta, ou que A prata a preta têmpora assedia; Quando vejo sem folha o tronco antigo Que ao rebanho estendia sombra franca E em feixe atado agora o verde trigo Seguir o carro, a…

O meu próprio Rio

Resido num condomínio de nome gracioso: Morada dos Rios. A cada bloco compete o nome de um rio europeu célebre: Danúbio, Tamisa, Sena, Tejo e (o mais longo rio europeu onde reino silencioso lá do topo da pequena torre de nome) Volga. São estruturas de concreto que se tornaram significantes de algumas das maiores belezas…