Extinção

Interior da Biblioteca Nacional no Rio de Janeiro - Foto: Marcos D'Paula / Agência do Estado

“Tenho a suspeita de que a espécie humana – a única – está prestes a extinguir-se e que a biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta”.
Jorge Luis Borges

Anúncios

Sobre Pedro Gabriel

www.lituraterre.com
Esse post foi publicado em Ec-sistire, Tempo e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Extinção

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s