Arco-Íris (por Ascenso Ferreira)


“-Como é bonito! Como é bonito!

Cheio de cores… cheio de cores…

-Viva o Arco-Íris! – ecoa um grito.

-Oh! Como é belo! Tem sete cores…

-Está bebendo água no riacho!

-Vamos cercá-lo… vamos cercá-lo

-Vamos passar nele por baixo!

-Vamos passá-lo… vamos passá-lo…

-Fugiu do riacho… Subiu o monte…

-Vamos pegá-lo… vamos pegá-lo…

O monte é no alto… Só o horizonte

vazio resta… Onde encontrá-lo?

Fugiu…

A chuva fina tem carícias de morte…

Fugiu…

Para o Sul? Para o Norte?

-Quem sabe?

Desapareceu…

Além…

Vida – Arco-íris também…”

(por Ascenso Ferreira)

Anúncios

Sobre Pedro Gabriel

www.lituraterre.com
Esse post foi publicado em Literatura, Passagem das Horas, Poesia, Tempo e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s