Os Ombros Suportam o Mundo

Tela de Diego Rivera, esposo e melhor dos amantes de Frida Kahlo: O Vendedor de Alcatraces, de 1933. Também ele, com os ombros cheios de flores, suportou o tempo da absoluta depuração na construção da arte que corrigiria em parte as deficiências do sensível e do amoroso.

* O texto, já publicado anteriormente, está disponível bem aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s