Poema de Sete Pragas

POEMA DE SETE PRAGAS

Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse a mim o mesmo que ao Carlos…
… ahh se eu pego esse filho da puta!

(Recife 27/07/2007)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s