O Homem de Cabeça de Papelão (por João do Rio)

“No País que chamavam de Sol, apesar de chover, às vezes, semanas inteiras, vivia um homem de nome Antenor. Não era príncipe. Nem deputado. Nem rico. Nem jornalista. Absolutamente sem importância social. O País do Sol, como em geral todos os países lendários, era o mais comum, o menos surpreendente em idéias e práticas. Os…

Satiricômico ou As Deliciosas Marteladas do Analista

Comédia é uma palavra mergulhada em trevas. Empapada de indefinições quanto ao seu sentido originário, há uma tendência filológica à recusa do termo homofoneticamente mais simples: associá-la ao comoedia latino. Abdicando ao simples e mergulhando (de onde é sempre bom partir) nas indefinições gregas, obteríamos de saída um impasse quanto à cacimba da palavra: se…