litura(u)tor

SOBRE O A(u)TOR DO BLOG

“O poeta é um fingidor”, assegura Fernando Pessoa. Isso é certamente extensível a todo aquele que tem a palavra como sua matéria prima de trabalho. Jacques Lacan, ao denunciar a dimensão parcial de tudo o que é transportado pela “letra” (a dimensão de rasura de tudo o que é dito ou escrito) coloca-nos como lituras ambulantes. Como atores de nós próprios, reinventados a cada instante, a cada rasura criada. Na invenção que criei para mim trilhei inicialmente as veredas universais. Trilhei as veredas concretas do Grande Sertão árido de Arcoverde, onde vi brotarem das frestas do seu chão, rachado pela falta d’água, o caráter universal de nossa sede infinita (se é que podemos falar em universais na condição humana). Trilhei depois caminhos metafísicos, outras veredas pretensamente universais, na procura de um manancial: política, religião e outras coisas piores. Hoje o que me responde a esse anseio é a Arte (fora da qual não imagino salvação). No interior de minha vida reclusa faço minhas pérolas e mantenho, para os olhos menos atentos ao que é incontornável em nossa existência, a impostura necessária para a sobrevivência.

A impostura fundamental foi expressa por Lacan na fórmula “Sujeito Suposto Saber” (derivação do “Feiticeiro e Sua Magia”, de Claude Lévi-Strauss). Na condição de Xamã que sou, preciso chacoalhar os guizos e colares que convencerão a aldeia de que a minha magia funciona. Abaixo relaciono as matracas que em toda a exuberância que lhes é socialmente atribuída não apagam minha dimensão fundamental de Ator. O Ator que no dizer de Shakespeare em seu Macbeth pavoneia-se no palco durante sua hora até que, breve vela que é, apaga-se esvaindo-se deste mundo cheio de Som e Fúria que ao final das contas nada significa. Aos que entenderam o recado imagino que a leitura possa aqui ser interrompida. Para os que gostarem dos guizos e lhe forem insuficientes as lituras, abaixo relaciono o que sei não saber.

O autor deste blog…

… é graduado em Psicologia pela Universidade Federal de Pernambuco e atualmente psicólogo do ambulatório especializado de pediatria do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP), onde atua na assistência e em atividades de ensino e pesquisa.

… é mebro de Intersecção Psicanalítica do Brasil – IPB.

… é (ou foi) professor da FPS/FAPESA (Faculdade Pernambucana de Saúde) e tele-consultor da rede NUTES (Núcleo de Telesaúde) do Estado de Pernambuco.

… é Psicólogo do Tribunal de Justiça de Pernambuco onde atua na elaboração de pareceres técnicos em casos de violência doméstica e familiar contra a mulher.

… é mestrando do Programa de Pós Graduação em Psicologia Cognitiva da Universidade Federal de Pernambuco atuando principalmente nos seguintes temas: Autismo; Filosofia e Psicanálise; Metacognição.

… é um quase colaborador do site Amalgama.blog.br (cuidadosamente editado por Daniel Lopes).

… é colaborador do Blogue das Artes: a maior sociedade de bloggers em Portugal (organizado por Tiago Nené).

… tem Drummond como seu herói supremo e Tom Jobim como seu Orixá de Cabeça.

… adoraria poder dormir mais um pouco.

2 respostas para litura(u)tor

  1. Janaina disse:

    Adorei o Blog. Muito bem redigido e temática fantástica! Parabéns!

Os comentários estão encerrados.