Arquivo da categoria: Música

Saravá, Vinícius

Vinícius completa hoje 100 anos de seu nascimento e 95 de poesia. Em sua precocidade, talvez ciente do muito a ser feito no fornecimento da beleza com que iria nos cercar, inicia-se poeta aos 5 anos, com caderninho de poemas … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Música, Poesia | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Vinícius de Moraes por Vinícius de Moraes

Em um depoimento emocionado, dado em um show ao vivo na Itália ao lado do seu então maior parceiro Toquinho, Vinícius fala sobre sua infância difícil em uma casa de praia, morando ao lado de pescadores depois que seu pai, … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Música, Poesia | Marcado com , , | 1 comentário

Entrevista com Vinícius de Moraes (por Otto Lara Resende)

Publicado em Música, Poesia | Marcado com , , , , | 1 comentário

Vinícius: Poeta do Encontro (por Otto Lara Resende)

“Homem de bem com a vida, a favor da vida. A quem a vida nada se nega a vida. Criador de um lirismo em prosa e verso, falado e cantado, e sempre de exaltação a vida. A canção em Vinicius … Continuar lendo

Publicado em Ec-sistire, Música | Marcado com , , | Deixe um comentário

O Dia da Criação e a Diferença Sexual

Em nossa primeira infância somos surpreendidos pelo que Freud chamava de penisneid, ou seja, a simbolização da diferença corporal entre menino e menina ou, trocando em miúdos, a incorporação psíquica do que no real da carne surge como não coincidente … Continuar lendo

Publicado em (... LITURAS PRÓPRIAS ...), Amor, Ódio e Ignorância, Ec-sistire, Filosofia, Literatura, Música, Poesia, Psicanálise | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vinícius, Poeta do Encontro (por Otto Lara Resende)

“Homem de bem com a vida, a favor da vida. A quem a vida nada se nega. Criador de um lirismo em prosa e verso, falado e cantado, e sempre de exaltação a vida. A canção em Vinícius nasce de um … Continuar lendo

Publicado em Corpo, Crônicas, Literatura, Música, Poesia | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Balada do Rei das Sereias (por Dorival Caymmi e Manuel Bandeira)

  “O rei atirou Seu anel ao mar E disse às sereias: – Ide-o lá buscar, Que se o não trouxerdes Virareis espuma Das ondas do mar! Foram as sereias, Não tardou, voltaram Com o perdido anel Maldito o capricho … Continuar lendo

Publicado em Amor, Ódio e Ignorância, Belas Artes, Música, Poesia | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário